10 de novembro de 2007

A minor confession:

Tô feliz paca de estar aqui e tals. Mas tem 'gente' aqui dentro do peito que anda me levando o pensamento pra outros lugares e outra gente. Ai, sua besta, faz isso comigo não...

Depois de sete anos sem passar por isso, é difícil lidar. Já inventaram algum facilitador de paixonite? Tipo, alguma coisa que vá lá e diga "oi, tô muito a fim de você porque além de ser gente muito boa, carinhoso e cavalheiro, você tem um sorriso lindo e as pernas maisgostosasvontadedeagarrareapertar que eu já vi" e, se não rolar, essa coisa apaga esse momento da mente da pessoa e fica tudo bem, sem constrangimentos? Não, né? Então, continuo na agonia aqui.

*sigh*


As letras pequenas e mais claras são porque eu não queria admitir isso nem pra mim mesma. Não sei mais lidar com essas coisas, eu acho. E olha que eu já fui expert...

18 comentários:

Cris disse...

terapia nessas horas ajuda, amiga. mas, vamos combinar, é bom se sentir sacudida assim de vez em quando. isso nos lembra que estamos vivas e não somos só mais uma peça na engrenagem da produção... trabalho demais mata o desejo. bj grande.

Fernando Cury "o Pandão" disse...

eeeee minina!!!

Relaxa... q bem ou mal, é bom sentir-se assim, mostra que tá viva e na ativa!!! rsrs

Relaxa e não se machuca tá?

bjinhos

Drica disse...

é legal sentir isto...mto bom, dá medo, assusta, mas é bom e realmente nos mostra q estamos vivas e q as coisas acontecem qd a gente menos espera! bjao!

ro disse...

Mas paixão sempre foi e sempre será boa notícia!

Diego disse...

te joga, depois vê no que vai dar =) é tão bom poder se permitir, ficar "bobo"... apareça por aqui!

bj

Ingrith disse...

Eu antes tinha medo de me apaixanar, agora que sei como é bom deixo todos os sentimentos tomar conta do meu corpo e da minha mente!

Drica disse...

menina to viciada na musica q vc colocou no teu blog, abro uma janela só pro blog e fico ouvindo e repetindo várias vezes....hehehe....

ANDRÉIA disse...

idem.......

Paulo disse...

Sim, é uma droga e uma maravilha, ao mesmo tempo. E já que não tem uma saída mais fácil, o jeito é aproveitar cada segundinho!

Beijos!

As partes interessadas disse...

Mas essas coisas são tão gostosas! A gente sente tanta falta desse comecinho depois! Deixa rolar, boba!

Ril disse...

Estou amarga demais p/ fazer qq comentário a respeito do amor!

Te desejo mais sorte que eu!

André Rafael disse...

Ninguém sabe.

Aline disse...

Cris, vc tem razão. Mas e o PAVOR?

Pandão, baby, é bom sim, como sagitariana eu adoro. E pode deixar que a casca é muito dura ;-)

Drica, que aconteça mesmo o que eu menos espero! Ah, e vc reparou que essa tá durando por aqui né, eu tb AMO!

Rô, eu sei, amor... mas eu tô destreinada, néam?

Diego, vc é sagitariano? rsrsrs

Ingrith, é bom mesmo, mas a gente tem que tomar cuidado tb...

Andréia, bem-vinda! Tô colocando as visitas em dia, por isso ainda não apareci lá no seu blog. E nós duas podemos dar as mãos então, rs.

Paulo, acho que é o jeito. Vc é mto sagitariano rsrs.

Jana, tomara que tenha continuação ;-)

Ril, calma, baby, eu tava um féu há seis meses. Passa e vc sai mais forte, pode deixar.

Dé Rafa... qualquer dia a gente descobre. Ou não...

Beijos, people.

Renata R. disse...

Ah, isso pra mim é uma grande notícia! Apaixonar-se é tão gostoso, Line. Aproveita!

Renata R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata disse...

Ah, se fosse assim fácil não teria graça nenhuma, né?
Aproveite a fase boa!
beijos

Cinthya Rachel disse...

putz Aline! eu sei o que é isso. não é mole não... vamos levando, respira fundo...

Denise disse...

o coração diz vai, a cabeça diz fica... te entendo.