23 de agosto de 2008

Divina e graciosa

Atenção: ouvir Rosa cantada por Marisa Monte pode proporcionar mudanças drásticas, sorrisos descontrolados e pensamentos voadores.

Esse tipo de música deveria ser receitado como remédio anti-depressivo. Anti, vejam bem. Porque ouvir palavras tão majestosamente colocadas juntas sendo cantadas por uma voz que não dá pra explicar só pode trazer êxtase a alguém, nada diferente disso. Quem está apaixonado chora de emoção. Quem não está, até pensa em ficar. Quem está triste pelo fim de um amor, passa a ter a esperança de que haja outro por aí, só esperando. Quem não está preocupado com os amores passa a sentir uma pontinha de preocupação, querendo começar. Quem se diz frio, passa até a aquecer um bocadinho que seja. Os desesperançosos se enchem de quiçás, os naturalmente empolgados sentem-se justificados e representados.

Música assim não deprime, não faz mal, não tem contra-indicação. Pode ser consumida em altas doses, descontroladamente, absorvida com gosto. Como tudo que é bom na vida: amigos, amor, bons momentos, sorrisos, beijos, abraços e bons-dia voluntários. Esbalde-se com essa droga, enlouqueça, pire, cante e suba na cama (ou na mesa) dançando. Pode até tomar um vinho junto. Mas caso você fique indiferente, triste ou mal-humorado, procure um cardiologista direto (nem passe pelo clínico!) porque o seu coração está com problemas seríssimos: congelado, seco ou mesmo ausente. E antes morrer com um coração grande, cheio e quente.

Antes que me perguntem: eu estou no segundo exemplo dos 'quem'. Mas o que posso fazer se sou feliz?

10 comentários:

Lekkerding. disse...

Aaaaaah q lindo!
Sem palavras! *-*

iara disse...

marisa é grande intéprete

mas rosa é cartola.

e cartola faz bem pra alma sempre!

mais uma do gênio

O Sol Nascerá
Cartola

Composição: Cartola / Elton Menezes

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade
Perdida

Fim da tempestade
O sol nascerá
Fim desta saudade
Hei de ter outro alguém apara amar

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade
Perdida

iara disse...

esqueci e do grande elton menezes.

Aline T.H. disse...

Lek, babe, obrigada. Mas linda mesmo é a letra *.*

Iara, é do Pixinguinha, na verdade. Mas Cartola é outro que eu amo. E essa, na voz da Marisa, q é maviosa mesmo, é demais.

Beijos!

iara disse...

é mesmo! sorry..pixinguinha...que furo...

iara disse...

aliás me lembrei da beth carvalho cantando ajoelhada pro pixinguinha o carinhoso, vc já viu?

Ingrith disse...

Essa música é simplesmente linda... imagino que na voz da Marina tenha ficado perfeito, depois vou escutar.

E você escreveu tanta coisa bonita.

Aline T.H. disse...

Iara, magina, ambos são divinos =o) E já vi, sim, é lindo demais!

In, clica no segundo link q vc ouve! E obrigada, é por conta da música mesmo.

Beijos, meninas.

Madamice disse...

Tipo, vou ouvir AGORA, néam...

bjuuuu

Aline T.H. disse...

Ouça amore. Faz um beeeeem danado!

Beijos!