6 de julho de 2010

Um telefonema

Oi, querida, tudo bom? Ah, comigo tudo bem. A verdade é que tudo anda bem, xuxu. O grande problema do trabalho foi deletado, os problema$ menores devem se resolver e consegui até uma semana de férias, veja você. É, tem a Seleção, que saiu da Copa nas quartas num joguinho de merda, mas isso eu já esperava - você não? Ah, 2014 tá chegando, se 2012 não acabar com tudo antes. O Twitter anda uma merda mesmo, um povo muito radical, muito cheio de nhém-nhém-nhém, né? Mas deixa pra lá, a hora em que eu tiver tempo pra coisas mais prosaicas eu deixo de seguir uma meia dúzia e tá tudo certo. Não é assim que a gente faz na vida, deixa de "seguir" quem nos desagrada? Então, tirando família, é assim mesmo... Às vezes a gente deixa de seguir mesmo gostando porque não tem tempo, o que é triste; às vezes a gente segue por educação, por obrigação... Nada fora do normal. Aliás, menina, fora do normal é esse custo de vida aqui, hein? Nossa mãe! Não dá mais pra gente tomar aquele chopp de duro que tomava quando tava na faculdade... Tenho pena desse pessoal que hoje tá lá. Se bem que hoje os alunos de faculdade são ou trabalhadores ou filhinhos de papai, né, mesmo nas públicas - na nossa época já era meio assim, agora tá foda, pelo que eu tenho visto. É, o absolutismo das coisas de hoje em dia é que me deixa puta dentro das calças, é tudo muito 8 ou 80 pra essa galera. Ah, será que aprendem um dia? Não sei se sou tão crente, não. Ah, amiga, eu tou cansada, sabe? Cansada de ser quem trabalha pra caralho e não é reconhecida, cansada de pagar mais do que ganho pra viver ao menos decentemente, tô cansada. É, eu nunca fui um primor de paciência e acho que a idade piora isso, sim. Mas você não tá cansada, porra? Ah, bem! Pensei que era eu a louca! Hahahahaha, sempre fomos as loucas mesmo. Então tá, fica com Deus, um beijo, boa sorte na prova e a gente se fala quando eu voltar de viagem. Vou viajar, sim, ganhei a passagem (senão não iria, né, xuxu?). Tá bom, então, beijo!

2 comentários:

Lekkerding. disse...

Eu reconheço sim. Eu amanhã. E gosto do que vejo. E espero que venha logo - LOGO - pra comemorar que apesar de tudo, a gente pode escolher sorrir e mandar tudo às favas. =)

Lua Nova disse...

A vida é uma merda, mas passa muito rápido é isso é uma merda maior ainda... rsrsrsr... se a gente parar pra pensar, os problemas são sempre os mesmos. A gente é que tá sempre mudando de estado de espírito, de vontade, de rumo, de sonho. E é por isso que a vida é uma merda que vale a pena pá cacete: por podermos fazer escolhas íntimas e seguir nossas mudanças interiores seja lá como for.
Aproveite cada dia.
Beijos.