18 de abril de 2008

Full Moon

Hoje a Lua apareceu pra mim, toda linda, ocasionando um reflexo maravilhoso no marzão sem fim que tenho aqui. Foi pra mim que ela veio hoje, eu sei. Ela veio me trazer alegria com tristeza, tipo uma macarronada a bolonhesa, tudo misturado, que não dá pra comer uma coisa sem provar da outra.

Ela veio cedo, o céu ainda nem estava totalmente escuro. Veio toda cheia de si (literalmente): branca, brilhante, misteriosa, sorrindo e fazendo cair uma lágrima. Chegou disfarçada entre as nuvens, ficou fazendo charme lá do alto, se mostrando e sumindo quando bem entendia - se eu ameaçasse entrar e deixá-la só, ela reaparecia mais linda ainda, a descarada - e espalhando uma luz que talvez mostrasse mais que a do astro-rei... Cara-de-pau, essa Lua, querendo fazer melhor que o fornecedor do seu brilho.

A Lua apareceu pra mim hoje, e só pra mim disse tantas coisas. Bem ao pé do ouvido, com a voz suave, como fez já pouco mais de três anos, quando me apresentou você. Ela me disse que parece mais difícil do que é, essa tal de vida; que tentar e falhar é melhor do que não tentar e que ela exige que eu não desista de você. Ela tem esse direito, já que foi a causa inicial dessa estória ainda sem fim - porquê não, sem começo. Me sorriu antes que eu tivesse de deixá-la e iluminou a lágrima que deixei escapar sem querer enquanto sorria de volta pra ela.

Antes de dormir, vou até lá fora vê-la mais uma vez e pedir que esteja presente quando eu te vir de novo, pra me ajudar. Dela, naquela noite, eu sei que você não esqueceu.

"O meu amor mora longe
Tão longe
Que já nem sei mais
A lua no céu também mora longe
Mas brilha no mar
Assim o meu bem
Que quanto mais além
Mais me faz pensar

Saudade, meu desespero
É minha consolação
Diz ao meu bem
Que eu não quero
Sentir mais saudade, não"

Luar do meu bem, Vinicius de Moraes

6 comentários:

Helen disse...

Sua bonequinha do humor está dizendo que vc está Dumb!

mentira dela!

:)
bjk!

Rosana disse...

Que lindo. A lua te inspirou.

Ingrith disse...

Eita que essa lua safada faz os corações apaixonados se revelar...

Adoro qdo ela fica entre as nuvens...

Andreia disse...

Ai que post LINDO de viver!!!!!!

Posso até imaginar o brilho da lua....

RIC@RDO disse...

A lua faz coisas incríveis na vida da gente...
Muito bonito o que escreveu.

Agora...
"Ela veio me trazer alegria com tristeza, tipo uma macarronada a bolonhesa, tudo misturado, que não dá pra comer uma coisa sem provar da outra."
Sensacional esse trecho. Simples, sutil e encantador...
Bjo

Aline T. H. disse...

Helen, se vc soubesse o quanto eu me sinto DUMB, baby...

Rô, inspirou, inspira sempre.

Ingrith, ela tem um poder q nem dá pra descrever...

Andréia, que bom que gostou!

Ric@ardo, obrigada. Acho que a vida em si é uma macarronada à bolonhesa, n'est pa?

Beijocas, babies.