15 de agosto de 2011

Update. Aham.

Assim como na minha vida - bem, isso aqui nunca falou de nada que não fosse isso, não é? - eu preciso definir o que fazer com o blog. Ele já tem 8 anos, já viu milhões de mudanças, já foi desbocado e já foi triste, já foi poético e já foi alegre. Hoje ele simplesmente está aqui, parte de mim, parte da minha vida, mas anda meio esquecidinho, meio largado de canto. E isso me incomoda.

Não sei se é paz, se é comodismo, se é indefinição, não sei. Sei que me deixa puta lembrar que larguei isso aqui, um lugar que sempre foi só meu. Talvez eu estar morando sozinha tenha feito/ajudado nisso, vai saber - agora a casa é só minha, pro bem e pro "mal" (entre aspas, porque é um sacrilégio dizer que faxina é mal, eu sei), então tenho um canto meu, físico - mas não pode ser assim.

Às vezes tenho a impressão de que acabo largando as coisas pelo caminho, em todos os aspectos, e isso me deixa puta demais comigo mesma. Decidi que não largo mais isso aqui, não. Nem o resto da minha vida. Ainda não sei que rumo essa porra vai tomar, mas algum, terá que. Ah, nem que eu tenha que me dar na cara.

Um comentário:

Diane Lorde disse...

Que bom que não abandou algo que tanto gosta!