A vida alheia

Às vezes me pego vivendo a vida dos outros, ao fuçar os orkuts alheios ou a me deliciar com as histórias alheias. Acho que é normal, mas - pra como tudo nessa vida - há limites. Não sei se passei deste ou estou chegando à ele, apesar de não ser bem o limite que interesse nesses casos... o que interessa mesmo é saber o que fazer quando se passa e se tem conta disso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.