Sem muita paciência

Deu pra notar, né? Pois é. Tá foda viu.

Não dá pra ser 100% paciente, 100% compreensiva, 100% zen. Imagina, neeeeeem a pau. Tô de saco cheio mesmo de sorrisinhos falsos, de gente medíocre, de rapapés, dessa doidera toda que é viver em sociedade - no meu caso, uma sociedade semi-fechada, quase uma casta, durante 14 dias, com as mesmas caras, as mesmas piadas mofadas, os mesmos olhares, tudo igual e irritantemente regular.

Só pode ser carência, saudade, ou alguma coisa do tipo. O que me dá ainda mais raiva de estar me sentindo assim. Ah, e just for the record, não é tpm. Alguém tem a solução? Vai pra casa não vale, não posso. Aguardo.


Tou tão inquieta que nem o post eu tou deixando sossegado. Caralho.

Comentários

cunhario disse…
10! Isso foi 10.
Eu também estava me sentindo assim.
E sou tão zen... mas não tenho solução.

Respira fundo vai! Não é carência nem nada não. Vc tocou no ponto. É essa sociedade superficial. A solução: respira fundo. Levanta a cabeça e vai! Não olha pra trás.
ro disse…
O blog é seu e vc faz com ele o que bem entender!
1worklover disse…
Calma, linda. Está acabando. Força aí. Beijos.

(E... como vc risca o q escreveu?)
Fênix disse…
Vai passar e aí vc aproveita os próximos 14 dias em terra! =D
Bjs!
Aline disse…
Cunhario: Obrigada, passou. De vez em quando eu preciso explodir pra poder acalmar de novo ;-) Brigada pela visita!
Ro: Eu sei, baby, mas ontem eu tava tão inquieta que era capaz de raspar a cabeça se tivesse acesso a uma máquina, rs. Beijocas.
Work: É, tá faltando menos agora, isso é que dá forças. E pra riscar, você usa < s > e fechando (sem os espaços, claro). Got it? Beijinho.
Fênix: É o que me dá forças, linda, é o que me norteia a não pirar =D Beijocas!

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.