É complicado mesmo.

É assim: a teacher tem crise alérgica com os produtos usados na higienização, no último sábado, né? Então, não faremos mais higienização quando a teacher estiver aí, na quinzena dela faremos uma limpeza básica apenas! Wee, good, good!
Aí a criatura vem e faz a limpeza básica na sala. Com um produto que tem o cheiro muito mais forte e enjoado do que a própria cera da higienização.

Olha, só enforcando mesmo. Porque mortes por armas de fogo não são tão (ui, quanto til) românticas, e eu sou uma mulher romântica.

Comentários

1worklover disse…
E em q Cultura morte por enforcamento é romântica?

É exatamente a morte com armas de fogo q são "românticas". Lembre dos duelos pela honra na antiga Europa.

Ou então, por envenenamento. Fica a dica, =P
Aline disse…
Sim, no sentido histórico da coisa vc está mais do que certo, baby. Mas o "charme" de uma morte por enforcamento é muito maior... usei mal a palavra.

Envenenamento não é tão, hmm, impactante! rs
Rô disse…
Não há necessidade de enforcamento nem de chumbinho. Um tabefe na fuça me parece suficientemente dramático... Ok, um de cada lado e não se fala mais nisso!
Aline disse…
Hmmm, boa idéia tb. Excelente.

É por isso que somos amigas, meu amor! =D

Beijocas. Saudades!
A Outra disse…
Cicuta tb faria uma coisa boa. Mas, jogar no mar, aos tubarões, parece igualmente interessante.
Ave! Qta violência! =P
Aline disse…
Olha, gente, quanta criatividade para eliminar alguém! Tô gostando de ver, rs.

Se eu jogo no mar, Outra, vou embora pra nunca mais voltar =/ Mas gostei dessa idéia também, querida!

Beijocas.

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.