Era o que faltava na 2a feira

Minha mãe tem uma mania terrível de jogar coisas fora, sempre teve. Anda um bocado pior desde que a casa passou a ter uma população fixa bem maior. Pois bem.

Ela se superou: jogou a caixa do meu aparelho de DVD fora. Com o controle remoto dentro. Já procurei a casa inteira e nem sinal do controle. How cute is this?

É só pra coroar a vontade gigante que eu estou de ir morar sozinha - vontade que deve ser contida momentaneamente, porque ainda não dá. E mesmo quando eu puder me dar a esse "luxo" de novo, sei que vou magoar a todos aqui, porque então saberão que eu não agüento mais esse dia-a-dia, e vão se sentir mal e querer que eu fique. Principalmente minha mãe, que faz de tudo e mais um pouco pra que eu me sinta bem, e ela não merece ser magoada, de jeito nenhum.

Acho melhor eu embarcar amanhã logo, já que o tempo está horrível, não tenho a menor perspectiva de fazer nada interessante até quarta-feira e lá tem internet. O trabalho ao menos me tira a atenção dessas frustrações.

Comentários

Cinthya Rachel disse…
diz a lenda que se vc morar fora uma vez depois fica dificil voltar para essa rotina familia. ah, meu marido tb joga TUDO fora, eu fico louca, até que esses dias ele jogou fora um comprovante DELE super importante, agora tá choramingando: que droga, essa mania que eu tenho...
Fênix disse…
vai passar... respira! 1, 2, 3...
vai dar tudo certo.
Aline disse…
Qualquer hora dessas minha mãe faz isso tb, Cin. Aí eu quero ver...

Tô contando té mil, Fênix, rs. Vai passar sim - e vc, as usual, ajudou um bocado =)

Beijos, meninas!
Ana disse…
Ai, eu tb saio jogando tudo fora, pq, paradoxalmente, tenho tendência a guardar uma monte de porcaria!

E nunca mais consegui me sentir totalmente bem aqui em casa depois de ter passado quase 8 anos morando só. É barra!
Aline disse…
Eu jogo bastante coisa fora, Ana, mas a minha mãe é demais!! Se bobear, roupa em uso (que ela ACHA que está velha) ela dá...

Então vc me entende, né? Barra mesmo...

Beijos!
Helen disse…
Aline, às vezes é (muito) difícil morar até com querido - que é uma coisa que a gente escolhe. Imagine TER que morar com alguém.Difícil mesmo.

beijo!
[ r ê ] disse…
I know how it feels!

Aqui em casa é mãe a padrasto com a mesma mania!Mas eu tb tenho os meus repentes de jogar tudo fora, as vezes me dá a louca e saio jogando tudo e eu mesma jogo coisa que não devia, sabe?

Morar fora de casa e depois voltar faz a gente criar uns hábitos e dá uma sensação que nãos ei explicar...e essa vontade de de vez em qdo sair correndo de deixar todo mundo falando sozinho, né?

Eu tenho isso 2 vezes por mês, mas daí faço as contas e vejo que não dá...conto até 1000 e relevo tudo!rs
Aline T. H. disse…
Helen e Rê, eu sei bem disso, já fui casada, é realmente difícil mesmo quando se escolhe - cada louco com as suas manias, como se diz. Bem, o jeito é contar até 1000 mesmo e respirar fundo!

Beijos, babies.
Renata R. disse…
Aqui em casa eu que adoro jogar as coisas fora. Já me arrependi por isso, mas acho que sou incorrigível, Line.
Aline T. H. disse…
É uma coisa meio Mônica, de Friends, Renata? Porque a minha mãe é... até no quarto-secreto de bagunça! rsrsrs
Gente, o que eu mais quero é sair de casa. Tá pequeno demais pra mim, não me cabe aqui mais, não cabe... e acho que pensam o mesmo do lado de la´...
Aline T. H. disse…
Aqui eu sei que não pensam, Jana, e isso é o pior...
Ril disse…
me solidarizo com vc amiga!

minha mãe conseguiu "recolher" p/ lata do lixo TODOS os potes da NATURA
Aline disse…
Oi Ril, seja bem-vinda!

As nossas mães ainda vão nos deixar nuas, sem diversão e sem cremes de beleza, pelo visto, rs.

Beijo!

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.