Pra fechar o dia

Depois de um dia cheio de altos e baixos - começando por fantasmas, chegando às saudades de gente querida e passando por inspirações divinas - resolvi trocar o som ambiente daqui. Porque eu não sou nada deprê (mesmo quando estou) e acho que essa tem mais a minha cara, é mais intensa, mais 'visceral', como ele me disse uma vez, quando Meredith Brooks dava canja por essas bandas... é, acho que é isso. Intensa, visceral, exagerada, demais. Essa sou eu.

Comentários

Paulo disse…
"Visceral", palavra forte. Gosto dela, assim como das pessoas viscerais. :)
Beijos
1worklover disse…
Putz! Essa música é muito boa! Ótima escolha, rs... pena q eu tô morto aqui.

E cuidado com os fantasmas e inspirações divinas. Eles são feitos do mesmo éter - q deixa a gente doido, de toda forma.

Beijos bélgicos
Renata R. disse…
Boa pedida, Line.
:)
Carine disse…
Acho que realmente a música transmite teu jeito!
Aline disse…
Paulo, também gosto da palvra. E das pessoas, bem... quero ser menos, mas eu sou assim =)

WL, é ótima, não? Quanto aos fantasmas, despachei pro além, de onde nunca deveriam ter saído. As inspirações pretendo manter por perto (já que tem outra fonte); e a loucura... em doses certas, é uma coisa boa ;-)

Thanks, =D

Carine, seja bem-vinda! Espero que sim, é o que eu tento!

Beijos, babies.

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.