Eu aos quase 30

Em menos de dois meses estarei completando 30 anos... e, ao contrário das crises que me foram descritas por várias pessoas, venho experimentando um "redescobrimento" de mim mesma que é sensacional! Acho que nunca antes me cuidei com tanta vontade, nunca me preocupei tanto com a minha saúde e o meu bem-estar, nunca fui tão feliz mesmo (ainda) não sendo como quero ser esteticamente, nunca tive pensamentos tão claros quanto a algumas coisas (o que traz aquele tipo de crise de alguns dias atrás, claro, mas é benéfico na maior parte do tempo) e nunca soube tão bem o que quero pra mim.

Sei lá, gente, deu vontade de dividir essa informação com vocês =)

Comentários

Fênix disse…
e que isso permaneça na próxima década e na outra, e na outra.
porque minha mãe diz que a melhor idade mesmo é aos 40. vai saber...
bjs!
[ r ê ] disse…
apesar dos pesares essa crise dos 30 é uma delícia!rs
Ril disse…
qnd eu fiz 30 soprava as velinhas com o sorriso no rosto mas por dentro estava me corroendo!

com os meses fui descobrindo as vantagens e as delicias de ser balzaquiana!

como eu amo ter 34 anos!
Aline T. H. disse…
Meninas, de verdade: nunca me curti tanto, sabem? É bom, tou gostando disso. Já me disseram que agora sim eu vou ficar um perigo! rsrsrs

Beijos, amores, amanhã volto à programação normal \0/ z0/
Helen disse…
Estou adorando ser balzaca, sério mesmo. Nem sei explicar direito, deve ser aquela palavra super feia (maturidade) fazendo algum efeito. Em novembro faço 32.

bjk!
1worklover disse…
Eu e Honoré agradecemos a existência de Cronos.

(não o creme)
Aline T. H. disse…
Helen, quem sabe eu passe mesmo a gostar, inclusive, dessa palavra feia ;-)

WL, agradeça ao creme tb, ele ajuda naquilo que a idade de Balzac não nos favorece =P Thanks, dear.

Beijocas.
Paulo disse…
Comentário atrasado, mas precisava dizer: me identifiquei com esse post!
Comigo também foi assim, nenhuma crise e uma vontade imensa de cuidar de mim mesmo, de me valorizar, de aproveitar as chances que a experiência me proporcionava. Sinceramente, comecei a viver de verdade depois dos 30!
Beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.