Dez anos a menos, por favor

O DJ do lugar onde fui ontem estava ligeiramente, hmm, surtado. Ele saía de 'Music' pra 'ABC', de 'Vai Vadiar' pra 'Smack my bitch up', passando por 'Beber, cair, levantar'. Algo assim. No geral, as músicas eram boas, mas o preconceito (na forma mais pura da palavra) apareceu aos montes - como era uma festa de aniversário de 30 anos, o cara tocou todo o repertório Ploc 80 e o clássico funk-samba no final, com raríssimas exceções (como 'Rehab'). Será que esse pessoal não realiza que a nossa época de night pesada eram os Anos 90??? Porra, eu ia pro El Turf e dançava Prodigy, Hip Hop, um bocado de techno em geral, mas tudo dessa época. Eu tinha 18 anos em 1996, cacete, não em 1986. Eu frequentava (sem trema já, a Reforma chegou pra ficar, crianças) o Guapo Loco do Leblon (era o único), o El Turf, o Rock in Rio Cafe, a Maxims', a Bunker, até mesmo o Hard Rock Cafe Rio de Janeiro. Eu não ia à Hippopotamus, nem à Palhoça. No Rock in Rio (em 1985, o primeiro) eu tinha tenros sete aninhos, caralho.

É claro que todas as músicas dos 80 são ótimas, a gente gosta, dança e tal, não é o caso. O que parece não ter lugar nas mentes dos DJs que tocam nas festas de aniversário é que a minha night, a night da galera dos 30, não era essa - aliás até era, nos momentos de revival. A merda é que os 80 estão na moda (ainda), "então vamos lá, tocar música dos Anos 80, que faz sucesso". Eu particularmente acho que esse movimento Anos 80 foi bom, mas já cansou, passou da hora de dar lugar a outra coisa, um movimento pró-ópera remixada, sei lá eu. Uma época tão boa, com tanta coisa boa em termos musicais (atirem-me pedras os que não concordam, qsf) tá sendo repetida exaustivamente e tá começando a me enjoar. E enjoar de qualquer época boa em nossas vidas não é nada bom. Sem nostalgia, claro.

Comentávamos entre nós, durante a festa, como a coisa do conhecimento e da memória musicais denunciam a idade. Se for pelo DJ de ontem, tenho 50 anos e não sabia.

Comentários

Aline, por isso que eu acho que uma boa saída é tocar músicas da atualidade. Nunca dá certo esse papinho de "relembrar"o Balão Mágico. Poucas pessoas gostam.. e vamos combinar, Cindy Lauper nunca foi unanimidade.... rs
iara disse…
pow...eu gosto. adoro! tá..mas tenho 36...quase 37 ...shhhhhhhhh
não espalha...rs
gostei daqui volto mais vezes.
aqui é a cas do cacete né alma sagitariana? daqui a pouco vc tá qui nem eu não sabe se quer as visitas ou se manda tudo passear....rs
bjs
Cinthya Rachel disse…
entendo, pq eu nasci em 80, então minha adolescencia é de 90, e não de 80, mas as pessoas não entendem
Aline T.H. disse…
Garotas, eu também acho. Mas o pior é que eu me amarrava em Cindy Lauper, hahahahahahah;

Iara, seja bem-vinda e volte sempre! E, sim, sou meio louca. Mas acho q o ascendente anda tomando mais conta hoje, ando tão calminha...

Cin, honey, as pessoas não entendem MESMO, parece q é o enigma da humanidade!

Beijocas, babies!

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.