Desculpa pra mim mesma

Eu juro que estava escrevendo sobre trabalho, problemas no trabalho e vomitando um bocado de coisa aqui. Estava mesmo. Mas subitamente me dei conta que a minha Casa não é lugar pra isto, não, é pra chorar minhas mágoas e desfiar meu rosário de alegrias que eu queira. E nunca trouxe trabalho pra minha casa, não vai ser pra Casa que vou trazer. Assim sendo, apaguei a merda toda que tinha escrito e estou aqui, dando uma explicação pra quem quer que seja que leia essa desculpinha esfarrapada pra não ter escrito nada de útil (ou, ao menos, que possa ser lido com algum interesse bizarro) hoje.

E, sim, estou de mau humor. E azeda. E com cara de cu com câimbra. Amanhã veremos se sai alguma coisa prestável - se eu estiver viva e saudável até lá.

Comentários

osvjor disse…
não foi em vão que vc escreveu, olha eu lendo aqui. e cara de cu com câimbra é sensacional. vou adotar e prometo citar a fonte.
Fabio Fernandes disse…
(Ae Osvjor, sem desmerecer a Aline, mas "cara de cú com cãimbra" é coisa antiga já.)

Fico com inveja de você. Na boa, entendo completamente o mau humor, a vontade de esmiuçar aquelas picuínhas que acontecem por causa do monte de gente maiomeno com quem nos vemos obrigados a trabalhar.

Mas ter senso de humor, mau humorada, te fez subir muito no meu conceito, quem sabe um dia vc não me explica como faz isso???

Amanhã, passo por aqui pra ver se aparece algo novo.

Bjos pra vc.

Ps.: valew a desculpa esfarrapada. ;)
Sisa disse…
Ahhhh eu despejo tudo na minha Casa. Bom ou ruim... Se não for despejar lá, onde mais despejaria? rs...
Renata disse…
Tb acho, se quiser desabafar, nós estamos aqui pra isso...pra te animar, querida!
E fique bem, ok?
beijinho
Re
Danielle Balata disse…
Amiga.. como é cara de cu com caimbra?


Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.