Eu sou péssima

Hoje estou uma mulher cansadérrima, cheia de dor na coluna, de saco cheio da cidade (ainda, ainda) e preciso dormir. Mas precisava vir até aqui fazer uma confissão antes:

Eu sou má amiga. Fico séculos sem ligar pros amigos, não ligo em aniversário porque lembro quando as pessoas já estão dormindo, sumo, desapareço, não mando e-mails e, de repente, reapareço. Sabe o que é melhor? Meus amigos acabam, involuntariamente, sendo selecionados assim.

Porque amizade não é ligar todo dia, falar sempre, cumprir compromisso. Amizade é exatamente o contrário: não ter agenda, aparecer sem hora marcada, ligar e dizer "tô com saudade" uma semana depois do aniversário, ficar oito anos sem ver a pessoa e, quando acontecer, saber que estes anos nada mais foram que um pequeno intervalo. É olhar pra alguém e saber que esta pessoa tá pensando a mesma coisa que você e rirem juntos disso, sem dizer uma palavra; é chorar junto sem precisar dizer porquê. É saber que aquela sua má amiga, que não liga, que não escreve, que não cumpre nenhum protocolo ou ritual social, te ama. E ficar feliz quando essa mesma má amiga te surpreender com uma mensagenzinha SMS boba.

Os meus amigos e as minhas amigas sabem quem são, mesmo que eu não os veja sempre, mesmo que fique séculos sem dizer oi. Pra eles e pra elas, um Feliz Dia do Amigo, um beijo enorme e a esperança de que nos vejamos mais. E que eu deixe de ser tão má.

Comentários

Eve disse…
Pra vc tb!

E de novo, volto com as coincidências da nossa personalidade. rsrs
Somos sagitarianas, ora ora.

Bjs!
Rosana disse…
Tem uma frase do Domingos que diz mais ou menos assim: "a vida insiste em afastar as pessoas. a gente tem que fazer força para juntar". ;-)

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.