Só vou se for de carro

Ontem eu saí com amigos, coisa que não faço muito ultimamente - e tive a certeza de que preciso fazer mais, tá - e não fui dirigindo. Até porque as blitz da Lei Seca do Exmo. Sr. Sergio Cabral me deixariam mais pobre ainda do que todos os custos, impostos e buracos nas ruas desta cidade já me deixam diariamente. Daí que já era noite e chovia quando saí do trabalho em direção ao tal encontro e, como eu trabalho no lugar onde o Jota Quest chamou de longe pra caramba e iria, portanto, atravessar a cidade, pensei em ir de ônibus e tirar um cochilo (sou fã de um cochilo motorizado, vocês sabem), mas não passava quase nenhum. Aliás, não passava qualquer veículo motorizado indo ou vindo, às sete da noite, até que um táxi veio e eu fiz sinal. Entrei, disse meu destino e ele me perguntou, de cara, se eu me importava com ele usar um atalho para fugir do trânsito caótico que estava à nossa frente e eu respondi que não, disse que ainda achava bom. Enfim, o motorista foi pegando ruas, vielas e até becos para que saíssemos daquele engarrafamento que, pensava eu, só poderia ser causado por um acidente. Até que o rádio dele tocou e soubemos, por um colega, o que estava causando aquela imobilização total do bairro às sete e poucas da noite.

OBRAS. RASPAGEM DE ASFALTO. ÀS SETE DA NOITE, EM VIAS PRINCIPAIS DE UM BAIRRO QUE JÁ NÃO SUPORTA A QUANTIDADE DE CARROS QUE PASSAM POR ELE DIARIAMENTE.

Depois, quando eu xingo o Prefeito e o Governador quando passo por estas palhaçadas no meio da rua, neguinho acha engraçado ou me chama de estressada.


Não vá de carro, Flausino. Senão, você vai se fuder.

Comentários

disse…
Ah, achei que você fosse falar da gente... ;-)
Anônimo disse…
Você não é nada estressada. você só é uma ranzinza que reclama de tudo, reclama dos buracos nas ruas da cidade, reclama se estão consertando esses buracos. Deve ser solteira. E nada responsável, já que reclama de uma lei que beneficia todos no trânsito. Ah, e nem tente subornar um oficial desta operação. Se não vai presa!
Aline T.H. disse…
, eu pretendo falar da gente com calma. Mas eu precisava falar desse capítulo triste da cidade.

Anônimo/a, gente que ataca sem identificação é, pra mim, gente covarde. Pra começar. Eu poderia discutir a questão da Lei Seca, uma obra num centro nervoso de tráfico num horário de rush e outras coisas, mas... Não tenho vontade de fazê-lo com gente anônima. Quanto a subornar, não sou destas e nunca o fiz, já você deve julgar prática comum... Ah, e o "Se não" que você usou é junto (senão), ok?
Garota Enxaqueca disse…
Ih... amiga, que sete da noite nada!!! Cheguei ao bairro supracitado às 5h da tarde e já estava um caos. Quando tentei sair daquele universo paralelo às 9 da noite vi que não seria possível. Esperei até às 11. E ainda peguei um puta trânsito...


E me disseram que ainda demora pra acabar...

Engenharia de Tráfico Carioca é o que há!
Lekkerding. disse…
Vish, Kassab se faz uma dessas aqui, acorda morto. HAHAHAHAHAHAHA

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.