Confissões de um bom dia adiantado

Eu sei que não estou no mais perfeito juízo - e daí? Tenho certeza de que você iria adorar a total falta de inibição, o pudor a zero, o juízo a nada. Pensei em você a noite inteira, imaginei você ao meu lado das mais diversas formas, quis você mais do que qualquer um dos copos de cerveja. Calada, te disse as maiores perversões e ouvi os melhores impropérios, sorri e miei pra você. Ouvi tua voz, incógnita até agora; beijei tua boca, gostosa e macia. Loucura? Não sei, não quero saber. Quem sabe o destino é imaginar e continuar assim, te achando nos sonhos, te perdendo nos dias... não vou mais questionar. Te quero de qualquer jeito e não vou mais lutar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conto adolescente

Feios e Belos

Revoltada, sim. E com razão.