Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2007

E não é que chegou?

Quando tinha 17, 18 anos, sempre que imaginava meu futuro, pensava em como estaria em 2007. Porque em 2007 eu faria trinta anos: nem vinte nem quarenta, mas trinta, a idade tão anunciada e festejada por todos, consagrada por Balzac em seu clássico, a idade na qual eu, então, acreditava que já seria uma mulher independente, casada, com filhos, mas ainda nova e bonita o suficiente. Imaginava como seria o mundo, se já estaríamos utilizando espaçonaves ao invés de carros com rodas, se teria uma carreira bem-sucedida ou se seria a melhor mãe e dona-de-casa do mundo, se ainda teria meus pais por perto, se os amigos ainda seriam os mesmos e quantos mais teria feito ao longo do tempo que faltava pros meus trinta anos.

E 2007 chegou, passou quase inteiro e faço trinta anos daqui a 11 dias contados de hoje. Algumas das coisas que imaginei aconteceram, outras aconteceram de forma completamente diferente, outras ainda não vieram - continuamos dirigindo carros com rodas, no chão mesmo, né? - mas po…

Bom dia?!

Pois vejam vocês. São seis e quase vinte e eu já estou acordada há mais de uma hora. Preciso acordar cedo, ok, mas nem tanto. É mais uma mania feia que eu estou...

As coisas nesse hitch não estão muito boas. Quer dizer, tudo seguindo em segurança, graças a Deus, mas EU não estou muito boa, eu acho. Há tempos eu não embarcava com tanta vontade de ficar em terra, e dou crédito ao fato de, finalmente, estar amando minha vida em todos os sentidos - está sendo ótimo estar na casa de mamy e papy de novo, porque as arestas já foram aparadas, Baraquísio finalmente chegando e satisfeita com o visual, apesar de ainda não ter chegado à minha meta de peso - e por isso não quero nenhum intervalo que seja nos melhores momentos dela. Que talvez não fossem tão bons caso eu estivesse lá o tempo todo, eu sei. É.

Mau humor matinal. Sim, eu tenho.

Um poquitito de tudo

Depois de amanhã é aniversário dA Amiga. Aquela que me acompanha desde os 11 anos de idade. Depois de amanhã eu ainda estou aqui, mas ela vai comemorar - em alto estilo, como ela mesma - no sábado, e as chances de eu estar aqui são minúsculas. Mas eu me agarro a essas chances microscópicas, porque A Amiga merece. Tô tentando...

---------------------------------------

Hoje terminei (acho) de montar o visú pra festa de formatura do maninho. Ficou muito bom, vocês verão. Black, né, porque não deu pra fugir dele, eu bem que tentei... Mas ficou bom mesmo. Pra fazer 30 anos com estilo e me manter assim pela próxima década toda.

---------------------------------------

Amigos são a família que a gente escolhe. Graças a Deus a que Ele me deu também é ótima, mas a que eu venho escolhendo tem se mostrado excelente. Bem, algumas más escolhas à parte... mas ninguém é perfeito.

---------------------------------------

Vocês estão conseguindo ouvir o Som Ambiente? Me digam, porque aqui a Casa tá tão silenc…
É, mesmo na folga anda difícil dar a atenção que a Casa merece... deve ser a época do ano, preparativos para a tal festa - que é só dia 7 que vem, babies, calma! - e alguma diversão, que eu mereço.

Desculpem a falta de jeito...

Shoes again

Imagem
Assim, fotos do visú completo, só depois da festa, claro. Mas posso adiantar alguma coisica:



Nem é essa a novidade ainda, mas eu gostei tanto das sandálias que quis mostrar. Aprovadas???

Dia morno

Terei uma novidade excelente pra contar em breve aqui. Aguardem, vale a espera.

Enquanto isso, deixa eu ir descansar porque ainda não tô 100%, mas a folga insiste em passar rápido....

Não deu heinnnn

Ensaio? Nah, não me pertenceu hoje. Alergia? Sim, essa chegou animada e me deixou parecendo que tinha feito Botox. Na cara todinha.

Bah, olho grande, xô!

A minor confession:

Tô feliz paca de estar aqui e tals. Mas tem 'gente' aqui dentro do peito que anda me levando o pensamento pra outros lugares e outra gente. Ai, sua besta, faz isso comigo não...

Depois de sete anos sem passar por isso, é difícil lidar. Já inventaram algum facilitador de paixonite? Tipo, alguma coisa que vá lá e diga "oi, tô muito a fim de você porque além de ser gente muito boa, carinhoso e cavalheiro, você tem um sorriso lindo e as pernas maisgostosasvontadedeagarrareapertar que eu já vi" e, se não rolar, essa coisa apaga esse momento da mente da pessoa e fica tudo bem, sem constrangimentos? Não, né? Então, continuo na agonia aqui.

*sigh*

As letras pequenas e mais claras são porque eu não queria admitir isso nem pra mim mesma. Não sei mais lidar com essas coisas, eu acho. E olha que eu já fui expert...

Home, at last!

Cheguei só hoje - bem, alguma hora teria mesmo de ser eu a ficar um dia a mais lá em cima, ao invés de em terra. Como eu embarquei depois, tá beleza...

Acho que foi a primeira vez em que nada me abalou ao chegar em casa, nem as reclamações repetitivas, nem mesmo os ataques de mal-humor alheios. Eu estou realmente feliz de estar aqui, e lhes digo que é uma sensação divina estar onde se quer.

Podem deixar que vou colocar essa Casa em dia, vai ter faxina, mudança de móveis, tudo que cabe. Mas só depois que eu me divertir e sambar TUDO amanhã no ensaio da Mangueira =P

Staying alive!

Assim, eu to viva tá gentemmmmm. Muito atarefada, meio doida (depois conto a maluquice da amiga aqui) mas feliz, trabalhando e... DESEMBARCANDO AMANHÃ.

Preparem-se, teremos muuuuuuitos posts pra compensar os dias de ausência...

Só pra vcs terem uma idéia do quanto eu tenho malhado: eu já tenho linhas na barriga, táaam? \0/ \0_ z0/

Beijundas procêis.