Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2008

Breve diálogo telefônico

Atendi o telefone de casa, e a pessoa do outro lado começou a falar:

- Cachorra, viada, safada, filha-da-puta, você tá em casa? Nem me liga, sua piranha!

Sabe o que é mais estranho? Mesmo antes de identificar a voz e saber que se tratava de um amigo de quem estou morrendo de saudades, eu não me ofendi.

Depois chamei de viado, corno e cachorro. Somos muito carinhosos...

Hoje é Dia do Orgasmo!

Se não fosse pelo Serjones, ia passar em branco... A informação, caceta. O resto é da minha conta só.

Comemoremos!

Tevê, doce de leite e as fases da lua

Devo confessar minhas preferências aqui quanto às séries de tevê. Eu até gosto de Sex & The City, mas... só aprecio. Prefiro House, Friends, NCIS, CSI... E ainda não consegui assistir a Big Shots, que deve ser ótima. Me desculpem, meninas, mas é mesmo isso. A coisa da 'mulher-moderna-que-mesmo-assim-não-deixa-de-ser-romântica' não é comigo. Pra ser sincera, adoro mesmo é a Samantha. Pra ver tevê, fico com os cínicos (House é mestre e o Grissom não fica atrás) e os casos criminais. Ah, tem o Law & Order SVU também, bom.

O caso Big/Carrie é legal de se ver quando se está apaixonadinha e tal. Mas a minha fase apaixonadinha dura pouco, mesmo quando concretizada... E prefiro deixá-la só pra quem de respeito. Quem me lê aqui há mais tempo (pós 2006) e principalmente quem me conhece sabe que essa minha coisa 'in love' era muito forte antes e agora deu lugar a uma coisa mais cínica e realista, cheia de piadinhas (que a Rosana adora, eu sei) e episódios mais céticos. Aco…

Cada um com os afazeres que lhes cabem

To Do's:

1. Cuidar de mim esteticamente;
2. Dançar;
3. Xingar uns palavrões, beber e ficar menos salto-alto;
4. Deixar a mulherzinha dentro do armário.

Tô me sentindo uma menininha e não supooooorto.

Pelada na multidão, sozinha na cama

Eu sou uma pessoa de sonhos. Dormindo, veja bem. Os mais variados, coloridos, cheios de detalhes, aqueles nos quais a gente sente de verdade o que acontece (seja um beijo divino, uma dor por cair estatelada no chão ou a vergonha louca de estar indo pro trabalho pelada). Isso não é ruim, não, mas tem horas que me deixa meio cansada...

Semana passada foi a semana dos sonhos com amigos da época de escola, alguns amigos até hoje, outros que não vejo há uns 13 anos. Tudo tão real - era um reencontro da minha turma - tão legal, tão cheio de momentos isso-está-mesmo-acontecendo, que acordei vários dias meio decepcionada. Porque perdi contato com muitos, mas sei que não é irrevogável; ao mesmo tempo, tenho certeza de que as pessoas não serão como no sonho, tampouco suas reações, alegrias ao me ver (alguns vão cagar baldes) ou coisas do tipo, então fico desapontada porque o sonho era bom e eu queria ele acontecendo de verdade.

Essa semana têm sido com uma pessoa em especial. Eu sei quem é, isso …

YAY!

Hoje eu não tô nem aí se engordei, emagreci, encolhi, cresci, se tô solteira, não tô nem aí MESMO. Sabem por quê?

\0/ z0/ \0_\0/ z0/ \0_\0/ z0/ \0_


EU VOLTEI PRA FACULDADE

E ME FORMO

EM MENOS DE UM ANO.


\0/ z0/ \0_\0/ z0/ \0_\0/ z0/ \0_
Praia me faz muito bem, e não é nem pelo fato de ficar com marquinha de biquini - o que é ótimo pra auto-estima - mas a coisa toda do banho de mar, o vento, a areia, o conjunto da obra. Me desestressa, me alivia, me deixa calma. Ontem fui, então tô até bem serena, até aí, beleza. Só que eu quero mais, sabe. Ando sentindo umas coisas, umas suspeitas quanto às relações pessoais, umas angústias meio inexplicáveis.

Preciso sair mais do casulo, acho que é isso.

FFWD

Há três dias venho ouvindo/lendo coisas que passam, no fim das contas, a mesma mensagem: SIGA EM FRENTE. Depois de tanto 'martelarem' isso na minha visão e nos meus ouvidos, acho que não tem mais jeito, a não ser fazê-lo.

Deixar coisas, lugares, pessoas e sentimentos para trás não é trabalho fácil, não. O ser humano é natural e instintivamente apegado àquilo/àqueles que conhece - pense em quantas vezes você tentou jogar aquele bichinho de pelúcia feio, velho e até meio fedorento fora, mas não conseguiu porque ele te traz lembranças de uma época boa; ou aquele carrinho sem uma rodinha que seja, todo descascado, mas que te faz rever os dias de criança - e o 'deixar para trás' requer um bocado de força, de vontade, que nem sempre a gente têm. Mas o que fazer quando é absolutamente necessário jogar fora alguma coisa ou pessoa, a fim de seguir em frente?

A resposta é simples: pensar no que estamos deixando de viver, ter, fazer ou conhecer. Enquanto não abrimos espaço em nossa…
Por que sempre que eu espero NADA de você, você vem com muito? E quando eu espero alguma coisinha que seja, você vem com nada?

Mesmo a pessoa mais educada do mundo não pode ser tão gentil assim por educação. Caraleo.

Divagações

Vendo Bridget Jones pela enésima vez (quarta à noite pós-futebol, a gente vê o que tem de menos ruim), percebi algumas coisas que não tinha percebido antes e fiquei delirando em algumas definições do filme. É claro que é um 'clássico' sobre mulheres solteiras na casa dos trinta (uuuuui), mas também não é nenhuma bíblia, ou um retrato tão fiel assim...

A trilha sonora é ótima, com destaque para Aretha Franklin cantando Respect e a última música do filme (na minha opinião uma das melhores), Someone Like You, do Van Morrison - destaque pra frase 'the best is yet to come', que deveria ser um alento ou mesmo um mantra pra qualquer pessoa desse universo. As cenas são engraçadas e espirituosas, até mesmo românticas em alguns casos, mas sempre vejo mulheres falando desse filme como uma referência em termos de 'esperança pras solteiras mais velhas'. Na boa? Não é por aí, e vou dizer o porquê dessa certeza.

Em primeiro lugar, o duelo Daniel Cleaver X Mark Darcy é comum na …

Music, yeah!

A minha querida amiga me propôs o Meme, então resolvi fazer. Nada melhor que um Memezinho pra celebrar a minha volta à regularidade. Mas deu trabalho, nêga, te digo isso.

É simples: há dez perguntas e estas devem ser respondidas pelos títulos das músicas de um cantor ou banda favorita. Eu também sou das antigas, como a minha amiga, e escolhi George Michael (muuuuuuuuito fã), so here it goes:

George Michael

1. Descreva-se: “Waiting (reprise)
2. O que as pessoas acham de você: “Too Funky
3. Descreva seu último relacionamento : “It doesn't really matter
4. Descreva a atual relação: “Fast Love
5. Onde você queria estar agora: “Outside
6. O que você pensa sobre o amor: “As
7. Como é sua vida: “Amazing
8. Se tivesse direito a apenas um desejo: “Freedom '90
9. Uma frase sábia: “Nothing looks the same in the light
10. Uma frase para os próximos: “These are the days of our lives

Cabe esclarecer: algumas mais pelo título (no caso das frases e do relacionamento anterior, por exemplo), outra…

Eu também fiz!

Imagem
Vi na Elise e na Ice, fiz também. Não sei se ficou tãããão parecido assim...

Quê qui cês acham?











Update: Mais ombro, mais gordurinha, ficava mais fiel... Mas não tem essa opção, sorry, babies.

PQP

Tinha esquecido como dá trabalho mudar template e deixar do nosso jeito.

Caraleo.

E ainda nem tá como eu quero, mas por hoje, chega.

Bisous.
Tô mudando a Casa aqui. Mais tarde vai estar tudo direitinho.

Já fiz umas mudanças nos links ali do lado - incluí alguns que tava devendo!

Té mais.

Coisas que me emputecem a ponto de me tirar do sério

- Gente SN (sem noção). Sim, em geral, mas especialmente o tipo de gente que vê uma vaga de emprego que pede INGLÊS FLUENTE e tem a CARA DE PAU de aparecer sem falar uma palavra de inglês. Pior ainda: os que, depois de chamados a atenção pela entrevistadora, continuam 'na fila' da entrevista, fazendo com que todo mundo perca tempo, a mulher se emputeça e fodendo a vida de quem vem depois;

- As pessoas 'não me deixarem' chegar em casa. Assim: eu sou neurótica com essa coisa de 'vir da rua', porque não sento na cama com roupa 'de rua', nem mesmo com a cama feita, e não fico de maquiagem UM MINUTO além do necessário. Chego em casa, quero arrancar a roupa (mesmo que o banho fique pra daqui a pouco), lavar mãos e rosto, tirar todas as jóias/bijoux, ficar com cara de casa de novo. Mas não, ninguém pode esperar CINCO MINUTOS pra falar comigo, me deixar fazer essas coisas;

- Pessoas quem mentem DELIBERADAMENTE pra você, sem se tocarem que você SABE que elas estão…

Eu também sinto

Eu ando mesmo afastada daqui, isso não é novidade. Mas eu também tenho opiniões sobre o que vêm acontecendo, também fico indignada, fico emocionada, tudo a que tenho direito - só não tenho escrito sobre isso. É claro que o caso João Roberto mexeu comigo, como qualquer coisa ABSURDA que aconteça. É claro que ouvi, li e vi muita coisa sendo dita, é óbvio que concordo e discordo de várias. Mas o que NÃO PODE é o responsável pelo Estado, comandante maior, chamar dois de seus homens de débeis mentais e marginais. Não pode. Porque os caras foram infelizes, sim, mas foram extremamente mal treinados, vão todo dia pra rua combater marginais DE VERDADE usando armas 'de brinquedo' perto das que os bandidos usam, ganham uma miséria e, realmente, fizeram merda. Mas o responsável, direta ou indiretamente, por essa falta de treinamento, pela miséria que os caras ganham e pelas arminhas que eles usam, é esse mesmo cara que os chamou de marginais. Ele é o culpado. E pronto.

A dor dos pais, o qu…

Chegou mais um gatinho!

O gatinho mais novo dela nasceu. E eu desejo TUDO DE MELHOR PRA VOCÊS!!!

Lilata, um beijo enorrrme em você e no papai, um mais gostoso ainda no André. Até porque com esse par de bochechas, nossa... Dá vontade de apertar, beijar, amassaaaaaaarrrr (/momentoFelícia)!

PARABÉNS!!!
Tava vendo os posts. Anda meio evidente a falta que estou sentindo de falar inglês, né?

Extreme Boredom

Pode parecer ao contrário pra todas as outras pessoas (não sei), mas quanto menos vida social eu tenho, menos escrevo. Imaginem A FESTA que anda por aqui, entonces.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
NOT.

Paciência, meus filhos. Eu tenho, por que vocês não a teriam?!

Enough of this shit

E chega de baixo-astral, xingamento ou coisa parecida, que a semana tá começando e eu a quero nada menos do que divina.

As boas notícias VIRÃO, SERÁ divertida e com motivos para comemorar. Afinal, o fim de semana foi um ótimo prelúdio.

Vômito

Vou aproveitar meu estado etílico ligeiramente alto (ligeiramente MESMO, acreditem) e falar um monte de coisa que tô com vontade. Não vai ter muito nexo, não vou tentar escrever bonito, vou só vomitar umas coisinhas aqui.

Eu fico simplesmente PUTA da vida com algumas coisas. Sério mesmo. Criancisse é uma coisa que me emputece. Porque se a pessoa passa dos 25 anos, já não é mais criança, então tem coisas que não cabem mais, simplesmente se tornam ridículas.

Outra coisa que me deixa absolutamente perplexa é a indiferença das gentes. Porque não venham me dizer que fulano é tímido, cicrano não sabe usar as palavras, porque não tou aqui pedindo discurso nem poema. Se alguém me diz que é a fim de mim, apaixonado, etc., o MÍNIMO que eu tenho que fazer é respeitar essa pessoa. Sendo um amigo (ou amiga, no caso dos machos), que se coloca na posição de dizer "olha, eu sou sim a fim de você, mas não se preocupa, porque se até hoje não fiz nada, foi pra não estragar a nossa amizade", que …